Jonathan-Pryce.jpg

O ator gales Jonathan Pryce é um prestigioso ator de cinema e teatro nascido em 1947. Reconhecido por sua enorme versatilidade, ele interpreta com desenvoltura desde o  cinema comercial, de blockbusters, ao cinema independente. Trabalhou no  West End, de Londres com grandes produções de Broadway.

Comendador da Ordem do Império Britânico, Jonathan Pryce, foi o pai de Elizabeth Swann na saga Piratas do Caribe trabalhou com James Bond, no filme O Amanhã nunca morre e no filme independente Brazil, passando pelo West End londrinense (interpretou quase todos grandes personagens de Shakespeare) e as melhores produções da Broadway (Miss Saigón, Nine, Oliver, My fair Lady o Evita). Também fez parte do elenco de Game of Thrones.

Depois de  sair da Real Academia de Arte Dramática de Londres, começou sua carreira no teatro na companhia de Teatro Everyman de Liverpool e na Royal Shakespeare Company. Em Liverpool entrou no elenco de Comedians, em um papel especialmente escrito para ele e que lhe valeu seu primeiro Prêmio Tony. Foi Hamlet e Shylock (O Mercador de Veneza), Petrucchio (A Megera Domada), El rey Lear e Cesar Octavio (Antônio e Cleópata). Nos anos 90 mostrou seu interesse pelo teatro musical e protagonizou Miss Saigón, papel no qual ganhou seu segundo Prêmio Tony e um Prêmio Olivier (os prêmios mais importantes do teatro britânico). Depois vem Nine, Oliver, My Fair Lady o Evita, entre outras.

No cinema, ganhou o primeiro papel importante no filme de ciência e ficção dirigido por Terry Gillian, Brazil. Outros títulos importantes em sua filmografia inclui Glengarry Glenn Ross, Carrington (no qual recebeu o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes), 007 O Amanhã Nunca Morre, A saga Piratas do Caribe, De-Lovely- Vida e Amores de Cole Porter, Os Irmãos Grimm o G.I. Joe – A Origem da Cobra.